Uma explicação plausível para quem gosta desse tipo de recomendações, sexo, vida sexual, como deve ser levada, quas os cuidados, como saber se tenho uma vida sexual ativa e saudável. Tudo isso iremos explicar nesse artigo e se você é um daqueles que tem curiosidade e gostam do assunto fiquem antenado aqui para aprender mais sobre vida sexual.

Algumas pessoas pensam que sexo é só para os jovens, e que os mais velhos perdem seu desejo sexual e/ou sua capacidade de ação. Essa forma de pensar é em grande parte mito. Muitos homens e mulheres podem e se mantém sexualmente ativos até ao fim da vida. É verdade que a função e resposta sexual podem mudar ao longo do tempo com a idade. Por exemplo, as mulheres podem observar alterações quando envelhecem, às vezes antes mesmo da menopausa. A diminuição do desejo sexual e secura vaginal podem aumentar durante e após a menopausa. Os homens também apresentam mudanças com a idade. Mais da metade dos homens com mais de 40 anos têm pelo menos um problema com a ereção. Esse problema geralmente piora conforme envelhecem. Por exemplo, 3 em cada 10 homens entre 40 e 49 anos têm algum problema de ereção (disfunção erétil). Já em grupos acima de 70 anos, aproximadamente 9 em cada 10 homens tem algum problemas de ereção.

Outra problema são pessoas que sofrem de doenças degenerativas como o câncer, estando muito propenso a dores essas pessoas acabam perdendo o desejo sexual por conta delas.

Às vezes, os problemas sexuais giram em torno de ansiedade, tensão ou outras dificuldades do relacionamento. Outras vezes, eles podem ser o resultado de uma condição física, clínica ou dos próprios medicamentos que provocam ou agravam os problemas sexuais.

Além da idade, existem outros fatores de risco que podem provocar disfunção erétil ou outras alterações sexuais, como:

  • Depressão.
  • Alcoolismo.
  • Doença cardiovascular.
  • Hipertensão.
  • Níveis elevados de colesterol.
  • Tabagismo.
  • Medicamento de depressão
  • Medicamentos de hipertensão

 

O que é uma resposta sexual saudável?

 

Essa é uma resposta muito simples e provavelmente quem tem esses 4 “sintomas” sabem que estão dentro da normalidade

  • Desejo.
  • Excitação.
  • Orgasmo.
  • Resolução.

Quando estamos iniciando um ato sexual uma pessoa apresenta esses 4 estágios nessa ordem. Mas, essa resposta pode ser interrompida em qualquer fase dependendo se o sexo acabe antes do orgasmo.

Desejo – É o interesse na atividade sexual. Você pensa em sexo, se sente atraído por alguém, ou se sente frustrado por falta de sexo. O desejo sexual é uma parte natural da vida desde a adolescência.

Excitação – É a fase em que a pessoa se sente excitada ou estimulada. O toque e a carícia são mais prazerosos e intensos quando uma pessoa está excitada. A excitação pode também resultar de fantasias sexuais ou ao observar cenas sensuais, sons, aromas e gostos. Fisicamente, a excitação significa:

  • O coração bate mais rápido.
  • A pressão arterial sobe.
  • A respiração fica agitada.
  • O sangue é enviado para a área genital, onde a quantidade de sangue favorece uma ereção.
  • A pele dos órgãos genitais assume uma cor mais vermelha ou roxa mais escura.
  • O corpo pode suar ou ficar mais quente.

Orgasmo – É o clímax sexual. Em homens e mulheres, o sistema nervoso cria um prazer intenso na área genital. Os músculos ao redor dos órgãos genitais contraem-se em ritmo, enviando sensações através do corpo. Nos homens, essas contrações musculares causam a ejaculação.

Resolução – Ocorre após alguns minutos após o orgasmo. O corpo retorna ao estado não excitado, os batimentos cardíacos e a respiração diminuem, o sangue extra é drenado da área genital e a excitação mental diminui.

Se uma pessoa se excita, mas não atinge o orgasmo, a resolução ainda ocorre, porém mais lentamente. Não é prejudicial se excitar sem chegar ao orgasmo, embora possa ser frustrante. Alguns homens e mulheres podem sentir uma leve dor até o fluxo de sangue normalizar.

Esses são os estágios e as dicas de quem tem uma vida sexual ativa e bem saudável, se por um acaso você é uma pessoa de idade avançada e deseja voltar a ter uma vida sexual ativa e saudável, acompanhe esse artigo e descubra o que tem que ser feito para voltar o quanto antes a ter um desempenho sexual melhorado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *